domingo, 23 de maio de 2010

André Abujamra - 2010 - Mafaro

01 - Origem
02 - Imaginação
03 - Lexotan
04 - A Pedra Tem Vida
05 - Uma a Uma
06 - O Amor é Dificil



07 - Tem Luz na Cauda da Flecha
08 - Logun Edé
09 - Daumloudaram
10 - Abuxiscuruma
11 - Duvião
12 - Mafaro

myspace


esse disco do menino, é esse emaranhando de cores linhas e influencias mesmo. Com um toque aglomerático multiéticnico colorido musical chega-se a um resultado enxuto limpo e alto astral. como bem dito num release:

"Tudo em "Mafaro", novo CD de André Abujamra, soa global. Uma mistura de música brasileira com levadas dos Bálcãs, ritmos africanos e latinos, algo de reggae e de rock. Isso sem contar as outras influências mais sutis que permeiam o disco, como, por exemplo, a música indiana. "E não é um Frankenstein. Porque, para mim, tudo isso tem a ver", diz ele. "

essa presença balcanica de lestes europeus e afroências estão bem aparentes fluentes bem fundidas ou isoladas.

O "mafaro", o nome, diz ele que vem de alguma lingua falada no zimbabue siginificando algo bem pra cima, sintetizando-se em Alegria. as excessões de calmarias energéticas estão em Mafaro e Logun Edé, onde onde reina um vibraphone ou algo semelhante compassado e cantorias leves, que me soam uma respirada no disco, transition track, " a dor... o que ela é pra gente ser feliz depois..."

"Mafaro, o CD, foi gravado em mais de 12 estúdios diferentes. Fora os sons captados em gravadores portáteis. Mafaro, o show-filme, tem a participação virtual de quase uma dezena de artistas. E a obra, como um todo, reflete os tempos atuais, em que retalhos aparecem na nossa frente, na internet. E cada um que se vire para formar um conjunto completo de referências e influências. Parece que André conseguiu. Com ajuda valiosa do Rapidshare, do BitTorrent e do PirateBay…" Marcos Lauro.

boa deglutição e ruminância.

começando com a origem dos primórdios do começo:

2 comentários:

T.h.d disse...

Boa Tie!

nefelibatrad disse...

Adoro seu blog, entre todas as semanas e sempre tem musica maravilhosa, é um absurdo! increível! Parabéns!!